Entrando na Dança

Com o objetivo de dar visibilidade a uma linguagem artística provocativa e que faz pensar na potência do corpo, price na necessidade de se criar discursos sobre si e sobre seu entorno: assim surgiu o Entrando na Dança, illness que leva às Zonas Norte e Oeste da cidade do Rio de Janeiro – escassas de montagens de qualidade que insistem em permanecer no eixo Zona Sul/Centro da cidade –, sale uma programação rica e de qualidade. Foi a necessidade  de fazer algo para mudar este quadro que impulsionou o projeto, que em três edições já ocupou diversos teatros e espaços culturais, e trouxe aos cariocas um novo olhar sobre a produção de nossos artistas locais.

Apoiados pelo Instituto Votorantim, via incentivo fiscal da Lei Rouanet, e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria Estadual de Cultura, nasceu o Entrando na Dança, que levou 36 apresentações e mais de 3.000 pessoas aos teatros que receberam a primeira edição do projeto, em 2009. Uma joia pouco respeitada da arquitetura modernista carioca (o Teatro Armando Gonzaga, em Marechal Hermes), uma ilha de arte numa comunidade que batalha diariamente por sua cidadania (Teatro Mario Lago, em Vila Kennedy) e um palco histórico que já recebeu grandes nomes do teatro (Teatro Arthur Azevedo, em Campo Grande): nestes espaços, a dança carioca se reencontrou com um público atento e presente aos espetáculos, conversas e oficinas.

Em 2010, o Entrando fez sua segunda edição e aportou novamente nos mesmo espaços ocupados em 2009. Com três semanas em cada bairro durante os meses de Maio, Julho e Setembro, além de diversas oficinas, a programação contou com dez espetáculos de importantes artistas e cias cariocas.

Com o continuado apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria Estadual de Cultura, em 2011, realizou sua terceira edição, voltando a ocupar os teatros da Funarj em Campo Grande, Marechal Hermes e Vila Kennedy e uma oficina especial em Nova Iguaçu, em colaboração com o Festival Encontrarte. A programação contou com um destaque especial para a mestra da dança carioca Angel Vianna, que se apresentou ao lado de Maria Alice Poppe.

Em 2014, a Associação irá realizar a 4º edição do projeto, que foi contemplado pelo Programa de Fomento à Cultura Carioca 2013, da Secretaria Municipal de Cultura. Diferentemente das outras edições, que levava espetáculos de dança de renome para teatros da Zona Norte e Oeste, esta modificará e evoluirá a sua forma de interação com o público, o trazendo para dentro da cena e do processo de criação. O projeto mantém a sua essência de descentralização, trabalhando nas regiões norte e oeste da cidade do Rio de Janeiro, agora ocupando as Arenas Carioca Dicró, Jovelina Perola Negra e Fernando Torres.

Para saber mais sobre o Entrando 2014, clique aqui.